3201 5491

FALE COM A GENTE

ÁREA DO COOPERADO

Relatório de Gestão

12.12.2016

Iniciamos a nossa trajetória na Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte em março de 2009 e naquela época encontramos a empresa em fase de implementação com uma alta taxa de administração de 6%, além de algumas dificuldades operacionais. O foco inicial da nossa gestão foi profissionalizar a empresa preparando o cenário para um crescimento futuro. Realizamos um processo de reajuste dos procedimentos da Alta/Média Complexidade conseguindo uma melhoria na complementação dos procedimentos de 100% para 154,6 %, permitindo a viabilização e o aumento destes procedimentos em 8 unidades hospitalares conveniadas ao SUS. No ano de 2010, em função da deficiência de profissionais nos quadros de plantonistas da rede pública, vislumbramos a possibilidade de ofertar a complementação das escalas Médicas em diversas especialidades, tendo iniciado o processo nas especialidades de Clínica Médica, Neonatologia, Pediatria e Ortopedia.

Naquele mesmo ano realizamos 7.100 plantões nestas áreas e em 2015 fechamos o ano com a oferta de 45.240 plantões, ampliando o número de especialidades como a Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Cirurgia Torácica, Ginecologia, Terapia Intensiva, Psiquiatria e equipes do SAMU. Hoje a cooperativa atua em 4 unidades do estado e em 18 unidades do município de Natal, expandindo seus serviços para os municípios de Macaíba e Extremoz, ampliando o mercado de trabalho para os cooperados e valorizando a remuneração destes profissionais.

Este crescimento exponencial representou um incremento no seu faturamento, tendo apresentado no período de 2009 a 2015 um amento de mais de 500%. Toda esta expansão possibilitou uma redução expressiva da taxa administrativa de 6% para 1,5 %%, numa política séria de deixar mais dinheiro no bolso do cooperado e mesmo assim conseguimos fazer distribuição de sobras anuais ao longo deste período. Atualmente ultrapassamos o número de 1.700 cooperados, tendo iniciado a nossa gestão com 412 profissionais, isto demonstra o interesse da classe Médica do nosso estado pelo amplo espaço de mercado aberto pela nossa cooperativa. Buscamos ao longo destes anos estimular as nossas relações de trabalho com a saúde suplementar, criando os Núcleos de Especialidades nas áreas de Otorrinolaringologia, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Torácica e Neurocirurgia, procurando organizar estas especialidades para lutar por melhoria dos honorários médicos junto as operadoras de planos de saúde. Continuamos lutando pela regularidade dos pagamentos pelos nossos contratantes, pela implementação das diretorias técnicas nas unidades de saúde e dos coordenadores de escalas, facilitando o canal de comunicação com a cooperativa.

Por fim realizamos as reformas estatutárias, saneamos as pendências tributárias das gestões anteriores e ampliamos a nossa estrutura física, dando mais conforto ao nosso cooperado. Defendemos a continuidade de um trabalho sério e profissional, sem influências políticas, com o foco voltado para melhoria da remuneração dos profissionais e das suas condições de trabalho, tornando a nossa cooperativa uma referência nacional. Saudações cooperativistas Fernando José Pinto de Paiva Presidente da Coopmed – RN